Dr. Juarez Callegaro

Medicina e Psiquiatria Ortossistêmica

Logo transparente - Ortossistema
LONGEVIDADE E CRIATIVIDADE
<<< VOLTAR

Nutrientes cerebrais como fator de Longevidade e Criatividade

 

No meu livro “Mente Criativa – A aventura do cérebro de nutrido”, em segunda edição na Feira do Livro de Porto Alegre de 2006 (Editora Vozes), enfatizo o papel dos nutrientes na regulação do stress oxidativo cerebral, que estimula a mente criativa ou bloqueia a inteligência emocional. Algumas considerações baseadas em fatos da neurociência nutricional:

1.     O cérebro humano aumentou de 400 gramas para 1400 gramas no último milhão de anos.

2.     O DNA do Cro-magnon é semelhante ao nosso e ele comia peixe. O DNA do Neanderthal, que comia carne e foi extinto, não deixou traços no DNA dos humanos.

3.     A Pirâmide Alimentar Americana não enfatiza a dieta paleolítica, cuja versão mais próxima e inferior é a mediterrânea. Esta nos protege da diminuição do cérebro, como no caso do Mal de Alzheimer, e chega a prevenir em 76% esta doença quando se ingere três vezes por semana uma batida de frutas ou verduras, comparando-se com quem ingere apenas uma vez por semana. A dieta mediterrânea é composta de frutas, verduras, legumes, peixe, pouca carne e pouco laticínios.

4.     O ovo de aves migratórias que se alimentavam de peixes (ricos em ômega 3 e fosfolipídeos), aves sem ração de milho, sem comer vegetais com agrotóxicos etc., era ingerido diariamente na dieta paleolítica. A fobia do ovo na Pirâmide Alimentar Americana pode ser um dos fatores de encolhimento do cérebro, que tem 60% de gordura e 80% de DHA, um tipo de ômega 3 que atrai combustível (oxigênio) e matéria prima anti-stress oxidativo patogênico (moléculas com enxofre).

5.     O EPA, outro tipo de ômega 3, regula os receptores de serotonina tipo 1 (do prazer, amor e colaboração), aumentando seu número e diminuindo o tipo 2 (da dor física, da frustração, da crítica e da imperfeição) que gera o medo e a agressividade desproporcional aos fatos.

6.     O EPA também regula os receptores de dopamina tipo 1 e 2, evitando distúrbios de hiper excitação causados pelo receptor 2, por exemplo, na fase maníaca da depressão bipolar e na esquizofrenia paranoica.

7.     A potencialização do EPA pelo lítio orgânico (não o inorgânico, o carbonato de lítio), abundante nas águas ecológicas não afetadas pela chuva ácida da poluição industrial, tem sido incompreendida. Por exemplo, o orotato de lítio precisa ser medido dentro do glóbulo vermelho (eritrócito), e não no plasma como é rotina. O lítio de eritrócito baico em relação ao do plasma indica o grau de depressão refrataria ao lítio, provavelmente por stress oxidativo patológico que precisa ser tratado junto com o lítio e o ômega 3.

8.     O inositol é produzido à noite pelo cérebro (50%), principalmente durante o sono delta (profundo), aumentando a sensibilidade dos receptores tipo 1 de serotonina que, além de responsáveis pelo circuito do prazer, estimulam a astroglia (babás do neurônio) a produzir uma substância neurotrófica (PS100B) que regenera o citoesqueleto (as antenas e cabos emissores) da células nervosas (neurônios). Além disso,  regeneram o citoesqueleto da própria célula glial (astroglia). A razão glia/neurônio alta é a medida mais importante da longevidade cerebral. Esta glia produz ATP que ajuda o controle do lobo frontal sobre a amigdala cerebral, transformando a ansiedade, agressividade e amor “desenfreado” em virtudes da prudência, coragem e amor ao próximo como a si mesmo, essência da Lei Áurea de todas as grandes religiões.

9.     A atrocidade produzida pela falta de informação sobre neurociência nutricional é um fenômeno mundia e gera conflito de interesses na pesquisa, endino e aplicações na medicina diagnóstica, terapêutica, preventiva e até prejuízos na área de formação de lideranças sócio-político-econômicas e culturais.

10.  Estas considerações explicariam porque triplicaram as doenças mentais (ex. Alzheimer, depressão e Parkinson) nos últimos vinte anos em todos os continentes. Precisamos de um presidenciável tipo Al Gore que ataque não apenas a poluição global, mas que defenda a nutrição global. Esta é a essência do meu livro “Mente Criativa A Aventura do Cérebro Bem Nutrido” que mostra aspectos da grande batalha planetária: as mentes parasitas e assassinas contra as mentes criativas e filantrópicas, e educação para a saúde, o que transformaria nossas universidades em fontes de Paz, Felicidade e Amor e não em tristes fábricas de diplomas (Alexis Carrel), presas fáceis da rede econocêntrica, antidemocrática e imediatista que domina o planeta (Alvin Tofler)



<<< VOLTAR
Dr. Juarez Callegaro
Rua Osvaldo Aranha, 1022 - sala 1218 (Edifício Baltimore) - Porto Alegre
Avenida Princesa Isabel, 323 - sala 404 - Rio de Janeiro
Copyright 2009-2019 © Publimed. Todos os direitos reservados.